Escritório de Parcerias Inovadoras

 

O Escritório de Parcerias Inovadoras da Prefeitura do Recife, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI), foi instituído em maio de 2021, com a publicação do Decreto nº 34.559/2021.

A iniciativa tem por objetivo estabelecer parcerias entre a Administração Pública Municipal, Instituições Científicas, Tecnológica e de Inovação (ICTs) e entidades privadas do setor produtivo visando desenvolver políticas públicas, soluções urbanísticas e econômicas baseadas em ciência, tecnologia e inovação.

São atribuições do Escritório de Parcerias Inovadoras:

  • promover parcerias com ICTs com vistas a facilitar atividades de extensão universitária integradas às ações e políticas municipais, ampliando o alcance das medidas e distribuindo as ações por todo o município;
  • estabelecer contato institucional permanente entre o Município do Recife, ICTs e entidades privadas interessadas em propor soluções inovadoras para os problemas públicos diagnosticados pela Administração Pública Municipal; e
  • intermediar e facilitar o relacionamento entre entidades privadas e ICTs, auxiliando o empresariado local a encontrar soluções de ciência, tecnologia e inovação criadas pelas instituições sediadas no Recife ou com atuação na cidade, ou facilitar o empreendedorismo tecnológico de soluções criadas no âmbito das ICTs.

 

Na atuação do Escritório de Parcerias Inovadoras serão observados os seguintes princípios:

  • promoção das atividades científicas e tecnológicas como estratégicas para o desenvolvimento econômico e social da cidade;
  • estímulo a parcerias tecnológicas e inovadoras que contribuam para reduzir a desigualdade social na cidade;
  • promoção da cooperação e interação entre a Administração Pública Municipal, os setores público e privado, as empresas e a sociedade civil organizada, e desses entes entre si;
  • estímulo à atividade de inovação nas ICTs e nas empresas, inclusive para a atração, a constituição e a instalação de centros de pesquisa, desenvolvimento e inovação na cidade;
  • apoio, incentivo e integração com inventores independentes.